01dez, 2021

O setor de turismo, que foi sem dúvidas um dos mais atingidos pelas restrições impostas no combate à pandemia, já está conseguindo perceber uma retomada em suas atividades. Com o avanço da vacinação em todo o mundo (já são mais de 85 milhões de vacinados ao menos com a 1ª dose no Brasil) e a queda no número de casos ou óbitos na pandemia, tudo indica que 2022 será um ano de recuperação incrível para os hotéis, restaurantes, agências de viagem, cruzeiros e pontos turísticos.

Turismo Doméstico

O fechamento das fronteiras, acabou dificultando e até inviabilizando as viagens internacionais no auge da pandemia. Por conta disso, os turistas brasileiros passaram a procurar mais e conhecer melhor o próprio país, movimentando a economia local.
Sob esse aspecto, a pandemia acabou ajudando a popularizar os inúmeros destinos turísticos que temos no Brasil, gerando mais oportunidades para as empresas do ramo, como hotéis, restaurantes e agências de turismo.

Hotelaria

Com a pandemia, inicialmente muitos estabelecimentos tiveram que ser fechados e tudo precisou ser adaptado, desde a limpeza de quartos aos dos buffets, entre outros protocolos, gerando um represamento da demanda de potenciais clientes desses serviços.

No final de 2020, tivemos uma boa ocupação nos hotéis, o que nos sinalizou uma retomada. Mas fomos surpreendidos com uma segunda onda de COVID entre os meses de Fevereiro e Maio desse ano. Atualmente, 95% dos hotéis estão abertos e a ocupação tem subido mês a mês.

A expectativa é que a hotelaria acabe o ano com uma receita similar à de 2019 e, no segundo semestre de 2022, ultrapasse o patamar pré-pandemia. Muitas reservas têm sido feitas de última hora e com poucas diárias, o que pode ajudar a elevar ainda mais essas expectativas.

Voos

As companhias aéreas estão prevendo uma demanda maior do que podem suportar para os próximos meses!
Segundo o Ministro do Turismo Gilson Machado, no mês de Outubro, os voos domésticos já haviam recuperado 80% dos níveis de passageiros que transportavam antes da pandemia.
Alguns locais já estão recebendo 115% de voos a mais do que em 2019.

Empregos

Em 2020, o setor turístico apresentou retração de 36% no volume de receitas. Em relação às contratações, o saldo negativo chegou a 238,6 mil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Neste ano, entre Janeiro e Setembro de 2021, as empresas do turismo já registraram um saldo positivo de 167,5 mil postos formais. Durante a temporada de verão 2021/2022, a expectativa é que muitas vagas sejam abertas no setor, com destaque para profissionais como recepcionistas, cozinheiros e auxiliares, camareiros, garçons e auxiliares e auxiliares de lavanderia. Os estados que devem registrar o maior número de contratações são São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

2022 será extraordinário

Como pudemos perceber, o próximo ano está prometendo ótimos resultados para o setor de turismo em geral. O retorno da procura por viagens e restaurantes, em conjunto com o fortalecimento dos destinos nacionais, tende a aquecer muito a economia. Se você possui um negócio nesse ramo, esse é o momento ideal para captar novos clientes, consolidando sua estratégia nas mídias digitais. Ações como ter um site responsivo e informativo, blog com conteúdo de valor, atualizações frequentes nas redes sociais e investir em tráfego pago vão te ajudar a alavancar ainda mais sua empresa e aumentar suas chances de se destacar.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo! Caso tenha dúvidas sobre como potencializar os resultados do seu negócio com as mídias digitais, conte conosco para te ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *